O CATOLICISMO E SUAS CONCEPÇÕES DE SAÚDE E DOENÇA

Lucilene Aparecida Francisco

Resumo


O catolicismo, enquanto prática religiosa tem suas maneiras de perceber e reagir nos contextos de saúde e doença. Este trabalho busca relacionar as práticas católicas com os modelos etiológicos e terapêuticos presentados por Laplantine e os serviços oferecidos pelo SUS. As conclusões demonstram aspectos assonantes ou dissonantes que, dependendo dos casos, facilitam ou dificultam as interações entre o catolicismo e SUS.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akropolis.v28i1.7445