LIBERDADE NO CONTEXTO DA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS

Leandro da Maia, Everton Limberger, Cleina Roberta Biagi

Resumo


A pandemia de coronavírus provocou diversas mudanças de hábitos, costumes, lazer e saúde, causando discordâncias de opiniões e sofrimentos psíquicos entre a população. O presente artigo, tem por finalidade, abordar a partir de uma visão fenomenológica existencial, a liberdade vivida durante a situação da pandemia. Buscando promover uma reflexão a partir dos conceitos fenomenológicos existenciais, como responsabilidade, facticidade, projeto original, entre outros. Relacionando esses com as orientações e protocolos sugeridos durante o período pandêmico. Diante da importância deste tema, atualmente, e na procura de empoderar a ciência, pretende-se compreender como a liberdade têm ocorrido neste período e quais questões a permeiam. Além disso, as escolhas tornaram-se cada vez mais fundamentais para a existência, impactando diretamente na vida de todos e indicando a nossa responsabilidade para com toda a humanidade, ainda mais em um momento em que muitas pessoas correm risco em virtude de um novo vírus.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akropolis.v29i1.8328

Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR