GESTÃO DE PESSOAS POR ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR: AVANÇO OU RETROCESSO NOS SERVIÇOS PRESTADOS?

Ana Lélia Martins Kummer, Angela Aparecida Opiczh, Cecília dos Santos, Laine Rodrigues Santos, Miguel Arantes Normanha

Resumo


O artigo foi elaborado a partir dos resultados de pesquisa empírica. Foi adotado o método de estudo de caso para a pesquisa, que foi realizada em uma usina de valorização de rejeitos de Curitiba e região metropolitana, no ano de 2009, administrada por organização do terceiro setor, comprometida com a sustentabilidade ambiental. O problema de pesquisa foi assim definido: pode o terceiro setor desenvolver gestão de pessoas aos moldes das organizações com fins de lucros, de forma a contribuir para o desenvolvimento de pessoas e da própria organização, assim como, ressaltar o fator humano e de sua gestão no alcance dos objetivos e metas organizacionais? Face ao problema, o objetivo geral da pesquisa foi o de verificar as práticas de gestão de pessoas, no setor de produção da usina administrada por organização do terceiro setor, comparando-a com organizações com fins de lucros, por meio de referenciais teóricos sobre administração de recursos humanos e gestão de pessoas.

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR