GESTÃO DE CUSTOS DA QUALIDADE: UMA ANÁLISE ESTRATÉGICA NAS COOPERATIVAS AGROPECUÁRIAS DO ESTADO DO PARANÁ

Gervaldo Rodrigues Campos

Resumo


Este trabalho teve como objetivo diagnosticar as práticas de mensuração e controle dos custos da qualidade nas cooperativas agropecuárias do Estado do Paraná. A metodologia se caracteriza como estudo empírico-analítico, de natureza descritiva, realizado por meio de coleta, observação e análise de dados. Quanto aos procedimentos, caracteriza-se como pesquisa de campo. Um questionário estruturado, contendo vinte questões objetivas, foi encaminhado para sessenta e cinco cooperativas agropecuárias do estado do Paraná, sendo que somente quatorze (21,54%) responderam. Como resultado, constatou-se que a maioria das cooperativas pesquisadas possui programa formal de melhoria da qualidade dos seus produtos e serviços, destacando-se seleção de fornecedores e capacitação constante dos colaboradores, tendo o departamento de controle de qualidade programas responsáveis pela melhoria constante da qualidade dos produtos e serviços. Constatou-se também que 70% das cooperativas que responderam o instrumento controlam gastos com prevenção e avaliação, para evitar a ocorrência de má qualidade de produtos e serviços. Com base nos resultados deste trabalho, pode-se afirmar que a maioria das cooperativas agropecuárias do estado do Paraná mantém programas de controle de qualidade dos seus produtos e serviços, controla os custos relacionados com a qualidade e investe nos seus colaboradores. Constatou-se ainda que as cooperativas agropecuárias do estado estão comprometidas com o contínuo e completo aperfeiçoamento de seus produtos e serviços, processos e colaboradores.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v11i1.3993