GESTÃO NO PROCESSO SELETIVO DE PESSOAL

Anelise Cardoso Farias, Azenir José Marques Bueno, Kellerman Augusto Lemes Godarth

Resumo


Devido ao alto índice de exigências das empresas na ocupação dos cargos oferecidos no mercado de trabalho, há uma necessidade das organizações efetuarem uma seleção mais rigorosa na hora da contratação, pois se presencia um momento muito contraditório quanto à oferta e procura de trabalho. Com uma análise aprofundada sobre o assunto, verifica-se lógica nessa situação, pois apesar de haver muita oferta de mão de obra, não se encontra qualificação suficiente para atender as expectativas das empresas. Profissionais de alto nível de desempenho estão sendo procurados pelas organizações, devido sua capacidade de diferenciação. Diante disso, torna-se necessário às empresas criarem um programa de recrutamento e seleção. Após a fase de recrutamento se inicia a seleção e, assim, se verifica os perfis de cada candidato por meio de entrevistas, provas e testes de conhecimento e capacidade. Este estudo foi realizado em uma empresa do setor automobilístico, estabelecida no município de Francisco Beltrão – PR. Esta empresa demonstrou certa deficiência em seu processo seletivo e, em consequência ocorreu uma crescente rotatividade de funcionários em seu sistema organizacional, que possui diversos setores e cargos. Com uma pesquisa documental foi possível desmembrar cada setor e assim, fazer um estudo de cada caso. Também, mediante de pesquisas exploratórias foram propostas sugestões de melhorias no momento da seleção de pessoal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v12i1.4021