MELHORIA CONTÍNUA NO SISTEMA PRODUTIVO DE UMA FÁBRICA DE PERFIS DE ALUMÍNIO: ESTUDO DE CASO

Deivit Zirondi Bonifácio, Cássia Kely Favoretto Costa, Ely Mitie Massuda, Régio Marcio Toesca Gimenes

Resumo


O objetivo deste estudo foi a aplicação do ciclo PDCA para identificação de problemas que geram elevado índice de rejeição no processo de embalagem em empresa de fabricação de perfis de alumínio. Além disso, buscou-se propor mudanças que melhorem a eficiência produtiva e a lucratividade da empresa. Para isso, foi utilizado o ciclo PDCA (Plan, Do, Check, Act) e as ferramentas da qualidade. Com o aquecimento do mercado brasileiro da construção civil e o advento de novos entrantes no setor de extrusão de perfis de alumínio, torna-se inegável a maior competitividade entre as empresas do segmento. A busca pela produtividade, redução de custos e maior eficiência deixaram de ser diferenciais competitivos para se tornarem fatores decisivos para a saúde e sobrevivência da empresa no mercado. Com isso, o setor de extrusão de alumínio tem a necessidade de identificar as potenciais perdas no processo produtivo, gargalos e fatores de sucesso necessários para a satisfação do cliente. A eficiência na fábrica em estudo está sendo fortemente prejudicada pelo alto índice de rejeição de material no processo de embalagem, índice esse inferior às metas estabelecidas pela empresa e aos números dos concorrentes. O alto índice de rejeição na embalagem provoca um aumento nos custos de produção. Portanto, com a aplicação dessas ferramentas obteve-se uma diminuição de 25,5% de material rejeitado no setor de embalagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v14i1.4662