Agronegócio cooperativo: A transição e os desafios da competitividade

Régio Marcio Toesca Gimenes, Fátima Maria Pegorini Gimenes

Resumo


O objetivo deste artigo é demonstrar a importância do cooperativismo
agropecuário na cadeia de valor do agronegócio nacional, bem como levantar
os principais desafi os que lhe são impostos pelos mercados globalizados.
O cooperativismo agropecuário possui grande relevância para a economia
brasileira, na medida que atua apoiando o desenvolvimento econômico e
social, principalmente das pequenas propriedades rurais. Atuam no fomento
e comercialização dos produtos agrícolas, inclusive implantando novos
cultivos e agregando valor aos produtos. Percebe-se que os desafi os estão
concentrados nos seguintes pontos: equilíbrio entre os aspectos econômico e
o social; gestão democrática e a morosidade do processo decisório; separação
da propriedade e do controle (profi ssionalização da gestão); oportunismo dos
cooperados (fi delização); excessiva dependência de recursos de terceiros;
elevados custos de coordenação; transação e governança corporativa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v7i1.516