POLÍTICAS E PRÁTICAS DE GESTÃO DE PESSOAS AO ALCANCE DA SUSTENTABILIDADE ORGANIZACIONAL: EM ESTUDO UMA AGÊNCIA BANCÁRIA DE RIO BONITO DO IGUAÇU - PR

Patricia Zanela, Ceyça Lia Palerosi Borges

Resumo


A sustentabilidade organizacional, nos últimos anos, tem sido o foco de diversas empresas nos mais distintos ramos de atuação. É crescente a valorização por parte dos clientes, fornecedores e da comunidade em geral de práticas de gestão voltada à responsabilidade socioambiental, na qual os aspectos ambientais e sociais são tão importantes para a empresa como a questão econômica. Uma gestão de pessoas eficiente é a base para o sucesso de qualquer organização, e nas empresas sustentáveis políticas e práticas de gestão de pessoas precisam estar em concordância com a estratégia de negócios voltada à sustentabilidade empresarial. Com o intuito de compreender quais são as políticas e práticas de gestão de pessoas colaboram para o alcance da sustentabilidade organizacional em uma agência bancária do município de Rio Bonito do Iguaçu – PR, optou-se pela pesquisa qualitativa descritiva de carater exploratório. Através de um estudo de caso em uma agencia bancária do município de Rio Bonito do Iguaçu-PR, observou-se em suas práticas de gestão de pessoas que a organização, apesar de possuir práticas e políticas que contribuem para um maior envolvimento dos colaboradores na gestão voltada à sustentabilidade, ainda percebe-se algumas lacunas que precisam de melhorias, relacionadas por exemplo, ao subsistema de recrutamento e seleção e capacitação dos colaboradores.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v20i2.7483