A AMOSTRAGEM EM SNOWBALL (BOLA DE NEVE) EM UMA PESQUISA QUALITATIVA NO CAMPO DA ADMINISTRAÇÃO

Beatriz Rodrigues Silva Bockorni, Almiralva Ferraz Gomes

Resumo


A amostra em bola de neve, ou snowball, é uma técnica de amostragem que se utiliza de redes de referência, por isso, torna-se apropriada para pesquisas com grupos de difícil acesso ou até mesmo quando se trata de temas mais privados. O presente artigo objetivou discutir a adoção e o uso da amostragem em snowball em uma pesquisa qualitativa da área de Administração, discutindo suas limitações e vantagens. Para tal, foram utilizadas como referências Albuquerque (2009), Biernacki e Waldorf (1981), Baldin e Munhoz (2011). O estudo, portanto, conclui que a amostra em bola de neve é vantajosa, ao ser útil para pesquisas de cunho qualitativo. No entanto, deve-se compreender que este tipo de amostragem não se sustenta por si só, pois deve ser aliado a outros tipos, ademais, depende da execução adequada das demais fases da pesquisa.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v22i1.8346

Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR