A UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE COMO FERRAMENTA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS: ESTUDO COM OS DISCENTES DE FACULDADE PARTICULAR DO OESTE DO PARANÁ

Vitor Rafael Goetz, Lucas Gabriel De Almeida, Elisiane Salzer, Alexandre Feiden, Jessica Karine de Oliveira Gomes

Resumo


As incertezas advindas com pandemia da COVID-19 desaceleraram a economia mundial, devido a uma brusca queda das atividades industriais, comerciais e de serviços. A educação financeira pode auxiliar os indivíduos e famílias na administração das suas finanças pessoais. Assim, o objetivo deste estudo é analisar se os discentes da Faculdade de Ensino Superior – Isepe Rondon, utilizam a contabilidade como ferramenta na gestão das finanças pessoais e qual a percepção dos mesmos frente a relevância da educação financeira nos cursos superiores. Para atingir o objetivo proposto, a metodologia utilizada tem caráter exploratório do tipo pesquisa descritiva baseado em um estudo de caso qualitativo e quantitativo, com aplicação de questionário aos discentes da instituição. Após análise dos dados, constatou-se que 54,7% dos acadêmicos fazem utilização de ferramentas, como planilhas ou aplicativos, para controle das finanças pessoais e 87,1% acreditam que o tema deve ser trabalhado durante a graduação. Conclui-se que os acadêmicos da instituição possuem um bom conhecimento frente ao tema, utilizam as ferramentas contábeis para os controles financeiros, possuem um baixo nível de endividamento e consideram importante o ensino de finanças pessoais durante o curso superior.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v22i1.8416

Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR