O IMPACTO DA FORMAÇÃO DA REMUNERAÇÃO DOS EXECUTIVOS NOS INDICADORES DE DESEMPENHO DE EMPRESAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO

Camila Gandini de Oliveira

Resumo


Este artigo tem como objetivo identificar o impacto nos indicadores de desempenho decorrente da formação da remuneração de executivos de empresas brasileiras de capital aberto. Como metodologia, foi utilizada a técnica de regressão através da análise de dados em painel com efeitos fixos, com a intenção de quantificar e avaliar a relação entre os indicadores de desempenho escolhidos, com base nas práticas de mercado, e as variáveis independentes do modelo econométrico. Diante dos resultados encontrados, foi possível evidenciar e comprovar a relação positiva e a significância estatística entre os indicadores de desempenho das organizações, e a remuneração dos executivos, atingindo assim, o objetivo do presente estudo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v22i1.8450

Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR