BRANDING E POSICIONAMENTO DE MARCA: UM ESTUDO DE UMA LOJA QUE CONTA A HISTÓRIA DE DUAS IRMÃS

Cláudia Maria Neis, Eric Vinicius Lucion, Ronaldo José Seramim, Gustavo Yuho Endo

Resumo


Este artigo analisa as postagens de uma empresa do ramo varejista de moda feminina na rede social Instagram com intuito de identificar o modo como a empresa busca se comunicar com os clientes. Verificar o posicionamento de marca desenvolvido pela empresa Mundo das Gêmeas – empresa de vestuário feminino com filial em Cascavel e Foz do Iguaçu. Constitui-se um estudo qualitativo e exploratório, as quais foram analisadas inicialmente vinte postagens da empresa em redes sociais, realizando agrupamento das palavras por meio da nuvem de palavras e, posteriormente, analisando-as conforme proposto por Oliveira (2002) a qual observa que branding define a fidelidade do cliente com as marcas. Em seguida, utilizou-se a análise de conteúdo proposta por Bardin (2010) a qual 50 postagens foram analisadas e, a partir delas, definidas quatro categorias de análise: a) Rotina no trabalho; b) Rotina pessoal e família; c) Produtos; d) Promoção. Como resultado identifica-se que a empresa não assume postura agressiva de vendas do produto na rede social. O posicionamento assumido pela loja é de preocupação com a oferta de conteúdo, tanto relacionado ao produto comercializado quanto relacionado à vida tanto pessoal como profissional das irmãs, o que contribui para a identificação e interação com os seguidores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v22i2.8536

Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR