O ENSINO JURÍDICO COMO UMA FORMA DE INTERVENÇÃO GLOBALIZADA

Ana Carolina Couto Matheus

Resumo


A pesquisa possui o objetivo principal de enfatizar a crise no ensino jurídico brasileiro tradicional, apresentando suas causas e também algumas soluções necessárias. A pós-modernidade e a globalização repercutiram na educação, trazendo novas tecnologias e mudando as relações sociais. Será analisado o perfil dos docentes e discentes dos cursos jurídicos brasileiros, estabelecendo suas respectivas funções, no sentido de se analisar qual o correto papel de ambos no contexto das mudanças. As universidades serão observadas em seu contorno atual, ressaltando o retrocesso, bem como serão estabelecidos os focos de desafio (central e outros desafios cruciais) para uma reforma universitária. Será demonstrado o importante papel desempenhado pela educação neste contesto de mudanças. A OAB e o Estado possuem uma importante participação neste processo de mudanças. Mister se faz que as políticas públicas na área da educação busquem reverter este quadro atual de retrocesso, visando transformar o estudante de Direito em um profissional responsável, competente e adaptado às necessidades atuais do mercado de trabalho.

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR