Imunologia tumoral como ferramenta na oncologia veterinária

Christine Hauer Piekarz, Alexander Welker Biondo, Ivan Roque de Barros Filho, Suely Rodaski

Resumo


A busca de métodos terapêuticos e profi láticos mais efi cazes contra o câncer resultou em grande impacto no
entendimento das bases imunológicas da oncologia. A descoberta dos antígenos tumorais e dos mecanismos de escape
tumoral da vigilância imunológica revolucionaram a compreensão da atuação do sistema imune na gênese e desenvolvimento
tumoral. As proteínas parecem ser a chave do processo tumoral, permitindo um melhor entendimento do sistema imune
como um regulador fi nal da sua origem, desenvolvimento e/ou destruição das neoplasias. Sendo assim, as proteínas tumorais
oferecem uma via potencial para a compreensão dos mecanismos de interação e evasão celular, busca de novos marcadores
tumorais, e a produção de uma imunoterapia efi caz e irrestrita. Esta revisão tem como objetivo principal discutir a atuação do
sistema imune no desenvolvimento neoplásico no sentido de produzir protocolos de tratamento e prevenção efi cientes como
futuras ferramentas na oncologia veterinária.

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR