A influência psicossomática em pacientes com cervicalgia e cervicobraquialgia - Relato de Caso

Carlos Alberto Nannini Costa, Célia Regina Ferreira, Regina Célia Paranhos de Mesquita, Robson Ruiz Olivoto

Resumo


No presente estudo relata-se o caso de um paciente do sexo feminino de 44 anos que apresenta quadro de “depressão” associada ao uso compulsivo do computador, levando a encurtamentos musculares da região cervical e ombros, com manifestações dolorosas caracterizando cervicobraquialgia bilateral. O tratamento fisioterapêutico constituiu inicialmente por eletroterapia associada a cinesioterapia clássica, que não apresentou bons resultados, posteriormente optou-se por técnicas fisioterapêuticas manuais e reeducação do padrão respiratório, obtendo resultados satisfatórios, com a remissão dos sintomas após quinze sessões.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v7i3.2003.1092