CARACTERÍSTICAS ANTROPOMÉTRICAS DE ATLETAS DE GINÁSTICA RÍTMICA

Ligia Andréa Pereira Gonçalves, Antonio de Azevedo Barros Filho, Hélcio Rossi Gonçalves

Resumo


O objetivo deste estudo foi descrever características de crescimento e de antropometria nutricional em atletas de Ginástica Rítmica. Foram avaliadas 342 ginastas de 8 a 19 anos, de 11 estados e 24 cidades, no Torneio Nacional de Ginástica Rítmica. Os dados coletados antropométricos foram: estatura, peso, espessura da dobra cutânea tricipital (TR), circunferência de braço e o índice de massa corporal (IMC), os valores de antropometria nutricional de área de braço (A. Braço), área de músculo (A. Músculo) e área de gordura (A. Gordura). Foram estabelecidos valores de escore Z para as informações considerando valores médios de estudos referenciais. Os resultados demonstraram que as ginastas apresentaram valores inferiores em relação aos referenciais para todas as informações pesquisadas. Poucas diferenças foram evidenciadas em relação às comparações entre grupos etários. Estes resultados foram concordantes com outros estudos na modalidade, e demonstraram existir um perfil antropométrico específico para o desenvolvimento da modalidade. Foi possível concluir que os resultados de escores Z, colocados em relação à + 2 DP e – 2 DP, não demonstraram característica de desnutrição e de sobrepeso, e desta forma acredita-se também não existir carência nutricional, o que reforça que desde as primeiras idades, quando relacionada a caráter competitivo, há a necessidade das ginastas apresentarem o perfil antropométrico exigido pelo esporte.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v14i1.2010.3399