PRIMEIRAS EXPERIÊNCIAS DA VIVÊNCIA NA PRÁTICA PROFISSIONAL: concepções e reflexões de Licenciandos em Ciências Biológicas

Joici de Carvalho Leite, Paulo Inada, Carlos Alberto de Oliveira Magalhães Júnior

Resumo


O Estágio Supervisionado é o percurso inicial para a inserção de professores em formação no universo escolar.  Entretanto lacunas formativas nos cursos de licenciatura demandam cautela e reformulação. Investigando acerca da formação inicial no curso de Ciências Biológicas, este estudo visou promover um diálogo a respeito das concepções decorrentes das primeiras experiências de 12 licenciandos, enquanto professores estagiários da disciplina de Ciências. Neste viés, os dados foram angariados por meio de respostas a um questionário e analisados seguindo o embasamento teórico da Análise Textual Discursiva. As narrativas retrataram hiatos formativos e curriculares que refletiram o receio da responsabilidade docente, dificuldades em lidar com o desinteresse e indisciplina dos alunos e falhas na transposição didática. Todavia, também apontaram vivências construtivas da prática docente e amadurecimento de concepções. Assim, reestruturações curriculares carecem ser realizadas e, aliadas à disciplina de Estágio Supervisionado, podem promover um ambiente de reflexão e discussão a fim de ampliar conceitos, unir teoria e prática, oportunizando instrumentos fundamentais à ação docente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v19i2.2019.6832