IMUNIZAÇÃO CONTRA MALÁRIA: PERSPECTIVAS E DESAFIOS

Daniel Alexandre Lima Cavalcante

Resumo


OBJETIVO Analisar e avaliar a atual conjuntura das pesquisas científicas na busca da imunização eficiente contra a malária, destacando alguns dos principais mecanismos imunológicos e moleculares subjacentes à referida proteção, bem como, quais as perspectivas a curto e médio prazo na busca por uma imunização eficaz.

MÉTODOS: Overview de revisões sistemáticas. A busca e a seleção dos estudos transcorreram nas bases de dados da Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (Medline), National Library of Medicine (Pubmed) e Scientific Electronic Library Online (SciELO), bem como, foram utilizadas pesquisas publicadas em outras bases de dados, as quais possuiam em seu escopo, períodicos de notável interesse na área, com descobertas inovadoras inerentes ao escopo do tema. Foram combinando os termos Malaria. Immunization. Vaccine. Epidemiology. Com seus sinônimos remissivos e outros descritores associados, no período compreendido entre janeiro e julho de 2019. Como fator preponderante dos critérios de inclusão, foram selecionados revisões sistemáticas com ou sem metanálise, publicadas nos últimos 5 anos, que discorressem detalhadamente sobre o tema, ou que, a qualquer data, apresentaram alguma informação estatística ou histórica relevante, relacionada ao escopo dessa pesquisa. Como critérios de exclusão foram considerados: materiais literários e científicos, anteriores ao período de 2014 e que não apresentavam informações estatísticas ou histórica relevante ao tema, ou que, não se adequavam à temática da pesquisa supracitada. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, foi realizada a análise dos títulos e resumos dos artigos e selecionados aqueles que se alinhavam ao objetivo da coleta.

 

RESULTADOS: Dos 451 artigos identificados, 44 preencheram todos os critérios de inclusão. Na referida pesquisa foram descritas as principais características e ações biológicas proporcionadas pelas atuais vacinas para malária, assim como, os principais obstáculos a serem superados para alcançar uma vacina de estudo clínico fase IV.

CONCLUSÕES: As pesquisas sistemáticas apresentadas nesse overview convergem no sentido de que erradicação a malária é uma tarefa demasiadamente complexa, a qual não será alcançada com as vacinas atuais, havendo necessidade do desenvolvimento de ferramentas imunizadoras de maior eficácia. De maneira que para se alcançar este objetivo, a indução de respostas imunológicas benéficas, minimizando os efeitos deletérios não direcionados, será essencial.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v25i1.2021.7689

Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR