NÍVEL DE APTIDÃO FÍSICA DE ESCOLARES DA REDE PÚBLICA E PRIVADA DA REGIÃO DE LEME-SP

Eduardo Aleixo da Costa, Valquíria Alves de Faria, Igor Santoro Gallo, Maria Beatriz Terossi, Thiago Pires de Oliveira, Felipe Alves Brigatto, Antonio Carlos Tavares Junior

Resumo


A aptidão física se relaciona com marcadores de saúde na infância. O objetivo do presente estudo é mensurar os níveis de aptidão física de escolares, de 10 anos, de acordo com as classificações da base de dados do Projeto Esporte Brasil, 2016 e comparar os resultados das avaliações entre os escolares da rede pública e privada. Participaram desse estudo cento e vinte e seis escolares das cidades de Leme e Pirassununga. Foram determinados o Índice de Massa Corporal e Razão Cintura-Estatura dos indivíduos, que também foram avaliados quanto a aptidão cardiorrespiratória, flexibilidade, resistência muscular abdominal, potência de membros superiores, potência  de membros inferiores, agilidade e velocidade. Concluímos que os estudantes da rede pública de ensino apresentaram nível de aptidão física superior em detrimento aos estudantes da rede particular e que os estudantes do sexo masculino da rede privada obtiveram resultados considerados abaixo dos níveis saudáveis para a faixa etária.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v25i1.2021.7955

Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR