OS BENEFÍCIOS DA INCLUSÃO DAS HEMOGLOBINOPATIAS NA TRIAGEM NEONATAL

Karina Renata da Silva, Mirian Ueda Yamaguchi

Resumo


As hemoglobinopatias têm distribuição em todo mundo, porém no Brasil se dispersou de maneira bastante signifi cante devido
à grande mistura racial. O diagnóstico das hemoglobinas anormais envolve cuidados com a metodologia aplicada e requer profi ssionais
capacitados. Estudos realizados na população brasileira revelam que, no Brasil, existem aproximadamente 10 milhões de indivíduos
heterozigotos para os genes das hemoglobinopatias. O presente trabalho objetivou analisar, através de uma revisão bibliográfi ca, a prevalência
das hemoglobinopatias em neonatos, e como os resultados positivos estão sendo acompanhados, destacando a necessidade e importância
da triagem neonatal. Como medida de prevenção e controle das hemoglobinopatias no Brasil, o Ministério da Saúde instituiu a portaria
822/01, que inclui a triagem de hemoglobinopatias no Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN). A triagem de hemoglobinopatias
é uma análise importante para a prevenção das hemoglobinopatias, as quais representam um problema de saúde pública.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v11i1.2007.988