O SENTINELA DA LIBERDADE E SUA JORNADA HERÓICA

Shesmman Fernandes Barros de Melo

Resumo


Este trabalho realiza uma análise em torno da História em Quadrinhos do personagem Capitão América, contextualizando o quadrinho como veículo de comunicação de massa e, deste modo, suscetível ao uso como instrumento de criação e de divulgação de mitos modernos. Para tanto é utilizado como exemplo desta instrumentalização, a minissérie “As Aventuras do Capitão América – O Sentinela da Liberdade”, de 1992 e a edição especial “Enciclopédia Marvel”, publicada no Brasil no ano de 2005, em paralelo com o conceito de jornada cíclica, desenvolvido por Joseph Campbell, intitulado “Monomito” ou “Jornada do Herói”.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akrópolis.v16i2.2305