PERSPECTIVAS DA BAHIA, EM ESPECIAL O DESENHO URBANO DE SALVADOR E BARREIRAS

Caroline Salgueiro da Purificação Marque, Maurício Hidemi Azuma, Paulo Fernando Soares

Resumo


Aborda-se o processo de formação e ocupação territorial do Estado da Bahia, Brasil, com ênfase na Capital estadual Salvador e na Capital regional Barreiras, cidades representativas. Será mencionado o Município Madre de Deus, através dos seus interessantes indicadores. Os critérios para a escolha das cidades foram o porte, em relação à sua população. O processo de planejamento de Salvador e Barreiras deverão definir e controlar espaços para a expansão dos bairros, que devem considerar também os aspectos relativos ao meio ambiente. Foram formadas espontaneamente, com um planejamento de acordo com as suas respectivas dominantes locais. Deste modo, a partir dos aspectos gerais, dos indicadores, do histórico da formação das cidades e os seus respectivos desenhos urbanos e expansões urbanas, o resultado é um quadro referencial sobre todo espaço urbano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akrópolis.v17i2.2810