Hábitos alimentares de adolescentes: conceitos e práticas

Maybe Cristina Milan Lemos, Márcia Cristina Dallacosta

Resumo


O século XX foi caracterizado pelo surgimento da cultura jovem, período no qual os adolescentes começaram
a conviver em grupos, ocasionando mudanças nos seus hábitos alimentares. O hábito é a disposição duradoura adquirida
pela repetição freqüente de um ato, uso ou costume. Portanto, ao relacionar-se com a alimentação, o hábito alimentar é o
que as pessoas freqüentemente costumam comer. A mudança desses hábitos, principalmente dos adolescentes brasileiros,
é preocupante por trazer conseqüências desagradáveis como as doenças crônico-degenerativas. A adolescência não exerce
infl uências nos processos de nutrição, esse período é manifestado pela quebra de padrões, com rejeição dos hábitos
alimentares da família e a imitação dos hábitos do grupo pelo qual deseja ser aceito. Portanto, conhecer os fatores que
infl uenciam os hábitos alimentares dos adolescentes, bem como descrever suas práticas alimentares foi o objetivo desse
trabalho. Desenvolveu-se pesquisa qualitativa em uma escola particular de bom nível socioeconômico, do município de
Cascavel-PR, com 15 adolescentes de 11 a 17 anos de ambos os sexos. Os resultados mostraram que os adolescentes, em
geral, não consideram sua alimentação saudável, apesar de terem esse conhecimento e saberem quais são os riscos da má
alimentação, porém consideram-se ainda jovens para pensar no futuro e querem apenas viver o presente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v9i1.2005.212