ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA SOBRE HANSENÍASE IDENTIFICADA NA BASE DE DADOS WEB OF SCIENCE

Camila Pereira Jardim, Hebert Luan Pereira Campos dos Santos, Vigna Maria de Araújo, Álvaro Luiz dos Santos Araújo, Josilene Silva Oliviera, Eliana Amorim de Souza, Nilia Maria de Brito Lima Prado

Resumo


Este estudo analisou a bibliografia relacionada à hanseníase no Brasil, representada pela publicação de artigos científicos indexados na base de dados científica Web of Science, de 2000 a 2019. Por meio de análise bibliométrica, procurou-se delinear um panorama das produções científicas acerca do tema, identificando os autores, a evolução histórica do número de produções, as áreas de pesquisa que mais publicam, os tipos de artigos publicados e quais as agências financiadoras envolvidas nas publicações relacionadas ao tema. O corpus documental contou com 376 artigos completos, que demonstraram uma intensificação na produção de estudos sobre a hanseníase nos últimos anos, especialmente na área de Medicina Tropical, com predomínio de financiamento por agências brasileiras, e cuja maior fonte de publicações é uma revista científica internacional, dedicada ao estudo de doenças tropicais negligenciadas. Conclui-se que o interesse no estudo do tema se eleva com o passar dos anos, mas dentre as temáticas evidenciadas pela análise empreendida, as políticas públicas para controle e eliminação da doença, foram incipientes. Revela ainda a necessidade de maior aporte científico sobre a temática estimuladas por órgãos governamentais e que amplie as produções científicas por instituições de ensino e pesquisa, que possam alavancar reflexões direcionadas à implementação de diretrizes políticas efetivas para o controle e eliminação da doença.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v24i2.2020.7709