PERFIL DOS ÓBITOS POR TUBERCULOSE PULMONAR EM UM MUNICÍPIO DO NORDESTE BRASILEIRO DURANTE O PERÍODO DE 2005-2014

Francisca Bárbara Gomes da Silva, Mariana Borges Sodré, Floriacy Stabnow Santos, Ana Cristina Pereira de Jesus Costa, Jaisane Santos Melo Lobato, Francisca Jacinta Feitoza de Oliveira, Marcelino Santos Neto

Resumo


Objetivou-se identificar o perfil dos óbitos por tuberculose pulmonar em um município do nordeste brasileiro durante o período de 2005-2014. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, documental, com abordagem quantitativa, realizado por meio do Sistema de Informação sobre Mortalidade na qual a amostra foi composta por 37 óbitos cuja causa básica foi por tuberculose pulmonar. O tratamento dos dados se deu por meio de estatística descritiva simples. Houve prevalência de óbitos com idade média de 60 anos, predomínio da forma pulmonar, sem menção de confirmação bacteriológica ou histológica (81,0%), sexo masculino (65,0%), raça/cor parda (67,0%), estado civil solteiro (51,0%), parcela predominante apresentou ensino médio completo (32,0%) e aposentados (32,0%). Observou-se ainda que a maioria dos óbitos ocorreu no hospital (73,0%), com assistência médica antes do óbito (76,0%), sendo a maior parcela atestada por médico assistente (38,0%) e a maioria absoluta dos óbitos (94,0%) não foi submetida à necropsia. A presente investigação revelou o perfil de uma população fatalmente atingida pela tuberculose pulmonar, evidenciando aspectos epidemiológicos importantes a serem considerados em termos de gestão e organização dos serviços de saúde para a equidade no acesso, desenvolvimento social e intensificação das ações de controle da doença.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v21i3.2017.5847