O SONHO COMO MANIFESTAÇÃO DO INCONSCIENTE EM “ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS”

Cleiton Carnin, Samir Afonso de Carvalho, Ana Maria Moreno de Oliveira

Resumo


O presente trabalho tem o ensejo de discutir e analisar as manifestações do inconsciente presentes no romance nonsense “Alice no País das Maravilhas” do autor inglês Lewis Carroll através de uma revisão bibliográfica, bem como refletir sobre as representações oníricas manifestadas no sonho da personagem por meio de um concepção freudiana da interpretação dos sonhos, contando ainda com uma contribuição de orientação lacaniana.

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR