Sincronização de estro em vacas Nelore utilizando-se dispositivos de progesterona de preparação artesanal e comercial.

Nicholas Martins de Mello, Adalgiza Pinto Neto

Resumo


Objetivando-se avaliar a dinâmica ovariana, a concentração de progesterona e a taxa de  gestação, em setenta e quatro vacas da raça Nelore, mantidas em pastejo de Brachiaria sp, suplementadas com sal proteinado e água ad libitum, submetidas  aleatoriamente dois protocolos de sincronização de estro e ovulação. No Grupo I, utilizou-se um dispositivo intravaginal de progesterona de preparação artesanal (ESTRO FORTE), e no Grupo II, um comercial (CIDR®). Colheu-se sangue de 15 animais, escolhidos ao acaso, para dosagem de progesterona sérica por RIA de fase sólida, no dia do implante, na retirada, no dia dois, 10, 15, 18 e 23 após a retirada do implante. Esses 15 animais também foram submetidos à ultrassonografia por via transretal, duas vezes ao dia, desde a retirada do implante até a inseminação artificial em tempo fixo (IATF), para avaliação dos ovários, quanto ao número de folículos e do diâmetro maior folículo. O diagnóstico de gestação foi realizado 35 dias após a IATF, por ultrassom e pela palpação transretal 25 dias após. Os resultados da dinâmica ovariana e concentração de progesterona foram submetidos à análise de variância, e testados pelo Teste F e Student-Newman-Kewls, respectivamente, enquanto a taxa de gestação comparada pelo Teste Qui-quadrado. O número médio de folículos não diferiu entre os tratamentos e entre os ovários (p>0,05). No entanto, observou-se efeito de interação entre o dispositivo de preparação artesanal (ESTRO FORTE) e o ovário esquerdo, que apresentaram maior número médio total de folículos. O diâmetro médio diário do maior folículo foi semelhante entre os grupos e ovários (p>0,05), e também se observou efeito de interação entre o dispositivo de preparação artesanal (ESTRO FORTE) e o ovário direito, que apresentaram maior  diâmetro folicular médio total. A concentração média de progesterona nos dias estudados, e a taxa de gestação foram semelhantes entre os grupos experimentais.  Nas condições desse estudo, conclui-se que a sincronização de estro em vacas Nelore, utilizando-se dispositivo intravaginal de progesterona de preparação  artesanal (ESTRO FORTE) e comercial (CIDR®), apresenta desempenho semelhante em relação a dinâmica ovariana, ao perfil de progesterona e a taxa de gestação.

Texto completo:

PDF