AS MAZELAS DA EDUCAÇÃO PÚBLICA NO BRASIL: DO ATRASO À INSTRUMENTALIZAÇÃO POLÍTICA DO ENSINO

Luiz Roberto Prandi, Tatiane Henrique de Sousa Machado, Luís Irajá Nogueira de Sá Júnior, Eduardo dos Santos, Luiz Rodrigues da Silva Junior, Clarissa Bedendo Barbosa Rocha

Resumo


O sistema de ensino brasileiro mostra-se evidentemente arcaico e falido. Há, sobretudo, em todas as esferas estatais desapreço à organização do ensino e à valorização dos profissionais da educação. Estruturalmente, o modelo carrega defeitos, vícios e fatores danosos à educação de qualidade. O artigo aqui produzido objetiva, genericamente, responder às questões ligadas à problemática negativa do ensino no país e apresentar os elementos lesivos à educação. Metodologicamente, a pesquisa científica tem nos materiais bibliográficos expressos em livros dos mais variados autores e artigos publicados na internet como base para o artigo. Posteriormente à realização da pesquisa, nota-se que os aspectos principais que dão causa à deficiência do ensino no Brasil são diversos. Sob as diferentes origens, frisa-se o caráter secundário do planejamento, o sucateamento do aparato de ensino, a baixa remuneração dos docentes e tantos outros fatores que expressam como essências para a otimização e aperfeiçoamento do ensino.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v15i2.2015.5620