Aspectos farmacológicos e clínicos de um novo contraceptivo oral contendo drospirenona como componente progestínico

Roberto Barbosa Bazotte, Francieli Schleicher, Alessandra Marcon

Resumo


Este artigo de revisão avalia os principais aspectos clínicos e farmacológicos de um novo contraceptivo
oral, contendo drospirenona como componente progestínico. Para alcançar esse propósito os principais estudos clínicos
e farmacológicos publicados em revistas científi cas internacionais nos últimos anos foram analisados e as principais
informações em relação a esse novo contraceptivo foram selecionadas e incluídas neste artigo de revisão. Considerando
que a combinação drospirenona (3000 μg) + etinilestradiol (30 μg) apresenta efi cácia semelhante aos contraceptivos orais
combinados tradicionais, com a vantagem de apresentar menor retenção de líquidos, poderíamos concluir que o emprego
desse novo contaceptivo é relevante, particularmente em mulheres com predisposição à hipertensão, obesidade e síndrome
pré-menstrual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v9i1.2005.217