A UTILIZAÇÃO DO CÓDIGO DE QUICK RESPONSE NO ENSINO DA ANATOMIA HUMANA DO APARELHO LOCOMOTOR

Nícolas Basana Dias, Mariany Fernanda Escola de Souza, Eddy Krueger, Célia Cristina Fornaziero, Eduardo Vignoto Fernandes

Resumo


O estudo da Anatomia Humana (AH) é parte integrante e de relevância inquestionável na graduação dos cursos da saúde. Com a constante redução na carga horária destinada à AH e diante dos debates sobre os novos métodos de ensino, o uso do código de quick response (código QR) se mostrou promissor. Nesse sentido, foi desenvolvido no Departamento de Anatomia da Universidade Estadual de Londrina (UEL) o processo de catalogação das estruturas anatômicas com o uso do código QR, sendo nosso objetivo relatar esta experiência. Neste processo, as estruturas dissecadas no Laboratório de Anatomia da UEL foram catalogadas com base em uma planilha contendo a correlação entre estruturas e números e, as informações de cada estrutura transcritas em um código QR através de um gerador eletrônico, sendo então impresso, plastificado e anexado à peça anatômica. As marcações foram realizadas por meio da sutura de etiquetas enumeradas. Dentro da discussão dos métodos alternativos de ensino há como exemplos a plastinação, a projeção em três dimensões e a prospecção. Em destaque neste relato, o uso do código QR mostrou-se como uma alternativa válida na agregação de conhecimento nos currículos acadêmicos. Por meio das atividades empreendidas no processo de catalogação, foi possível, além da aquisição de mais tempo dedicado ao conhecimento teórico-prático em AH, ampliar a independência no estudo e no desenvolvimento de pesquisas. Dessa forma, tem-se a oportunidade de se expandir as análises voltadas ao ensino da AH e aos novos métodos de aprendizado.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v24i2.2020.7646