RELAÇÃO ENTRE ATIVIDADE FÍSICA E OSTEOPOROSE

Dora de Castro Agulhon Segura, Fabiano Carlos do Nascimento, Edio Luiz Petroski, Daniele Klein, Dayane Fermino

Resumo


Sabe-se que o envelhecimento afeta o sistema ósseo, promovendo diminuição fi siológica da densidade mineral, podendo,
inclusive, se de forma demasiada, provocar uma doença sistêmica, conhecida como osteoporose, que é a redução da massa óssea e
deteriorização da micro-arquitetura deste tecido, levando a uma fragilidade mecânica e predisposição a fraturas. Este estudo objetiva,
através de sucinta revisão bibliográfi ca, elucidar a relação da osteoporose com a atividade física, destacando a importância da prática de
exercícios na manutenção da integridade óssea. Parte da população não praticante de atividade física é representada, principalmente, pelos
idosos e pelas mulheres na pós-menopausa, que apresentam maior predisposição a adquirir defi ciências na densidade óssea. Recomendadase
a prática de exercícios para auxiliar na prevenção da perda e manutenção da massa óssea, embora algumas variáveis como componentes
genéticos, étnicos, hormonais e nutricionais também possam infl uenciar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v11i1.2007.986