MORTE E LUTO: A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PARA O PROFISSIONAL DE SAÚDE

Janaína Luiza dos Santos, Sabrina Corral-Mulato, Sonia Maria Villela Bueno

Resumo


Objetivou-se analisar e refletir sobre questões acerca da morte e luto, sua importância para a formação profissional na saúde e manutenção da saúde mental. Para tanto, foi realizada uma revisão da literatura, com buscas nas bases de dados LILACS e SCIELO, utilizando como palavras-chave: morte x profissionais de saúde, educação x morte. Foram encontrados 16 documentos, que foram categorizados em: vivência da morte e luto e preparo do acadêmico de saúde para a morte. As escolas de saúde precisam repensar a educação para o tema e preparar melhor seus alunos para lidar com a morte de forma individual e natural na assistência. Os serviços devem auxiliar os profissionais, principalmente, aos que assistem a pacientes em estado terminal, promovendo discussões e reflexões sobre o assunto e a educação permanente. Essas são ações conjuntas de grande importância para promover atenção mais humanizada e conscientização dos profissionais, de seus limites e possibilidades.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v18i3.2014.5196