Plasticidade e Regemeração Funcional do Sistema Nervoso: Contribuição ao Estudo de Revisão

Juliano Yasuo Oda, Débora de Mello Gonçales Sant´Ana, Jaqueline de Carvalho

Resumo


Durante o processo evolutivo, os indivíduos desenvolveram interações sociais e relações com os acontecimentos ambientais que resultaram em cérebros com abundantes circuitos neurais. Assim o termo plasticidade esteve e está presente em todas as etapas deste processo, permitindo que os neurônios do SNC dos mamíferos tivessem a capacidade de gerar novos ramos para formar novas sinapses e assim renovar os circuitos neuronais. No presente trabalho objetivamos uma revisão da literatura sobre dados referentes ao sistema nervoso central, caracterizando a plasticidade neural, plasticidade neuronal, plasticidade cerebral e plasticidade sináptica além de abordar conceitos sobre regeneração e sobre fatores neurotróficos no SNC.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v6i2.2002.1175